O teu olhar

Fevereiro 14, 2007 at 7:11 pm 2 comentários

Passam no teu olhar nobres cortejos,
Frotas, pendões ao vento sobranceiros,
Lindos versos de antigos romanceiros,
Céus do Oriente, em brasa, como beijos,

Mares onde não cabem teus desejos;
Passam no teu olhar mundos inteiros,
Todo um povo de heróis e marinheiros,
Lanças nuas em rútilos lampejos;

Passam lendas e sonhos e milagres!
Passa a Índia, a visão do Infante em Sagres,
Em centelhas de crença e de certeza!

E ao sentir-se tão grande, ao ver-te assim,
Amor, julgo trazer dentro de mim
Um pedaço da terra portuguesa!

Florbela Espanca

E porque é Dia dos Namorados, dedicamos este poema às nossas meninas (elas sabem quem são)

Entry filed under: Florbela Espanca. Tags: .

Varina Sonhos

2 comentários Add your own

  • 1. melani  |  Abril 19, 2007 às 5:18 pm

    poderia me escplicar este poema?

    È que eu acheio lindo, e gostava deuma explicação!

    E tambem tenhu um trbalho para fazer para amnha sobreo olhar !

    En cnsigo preceberoqquer diser cm este poema!

    obrigada pela sua atenção!

    beijinho*

    Responder
  • 2. su  |  Maio 28, 2007 às 5:34 pm

    por favor gostava de ter uma explicaçao sobre este poema

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed



Folhetim Cultural e artístico de Lisboa, Divulgação Cultural
Facebook

Poemas do mundo

Poemas do meu Mundo que ardem vivos em meu olhar que no coração escavam bem fundo e que não o deixam pulsar...

  • 890,912 visitas

%d bloggers like this: